Historial
Resenha histórica A confraria do Chícharo surgiu por iniciativa do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere, Dr. Paulo Tito Delgado Morgado, com o objetivo de se assumir como um veículo de divulgação por excelência dos usos e costumes do território alvaiazerense e do produto que lhe deu origem – o Chícharo. A criação desta confraria foi deliberada na reunião de Câmara de 01 de Junho de 2010 e aprovada em Assembleia Municipal na sua reunião de 18 de Julho de 2010. A partir desta data ficaram criadas as condições para dar corpo a este projeto de suma importância para a dinamização de um conjunto de ações que permitam representar, respeitar, honrar e divulgar a memória colectiva do povo alvaiazerense, bem como as artes e ofícios tradicionais, os hábitos e costumes ancestrais do território. No seguimento do trabalho desenvolvido por todos aqueles que se empenharam e acarinharam a iniciativa, a 28 de Julho de 2010, no Cartório Notarial de Ansião, teve lugar a escritura pública de constituição da associação. Esta escritura foi outorgada pelos seguintes confrades fundadores: Município de Alvaiázere - Junta de Freguesia de Almoster - Junta de Freguesia de Alvaiázere - Junta de Freguesia de Maçãs de Caminho - Junta de Freguesia de Maçãs de Dona Maria - Junta de Freguesia de Pelmá - Junta de Freguesia de Pussos - Junta de Freguesia de Rego da Murta Esta confraria assume-se, pois, como uma elegia aos usos deste povo e à riqueza gastronómica que o caracteriza e identifica enquanto gente simples que afirma a sua história no trabalho da terra. O chícharo assume-se, assim, como exemplo de uma marca identitária do concelho de Alvaiázere.
Resenha Histórica Símbolos e Insígnias Estatutos Usanças Orgãos Sociais
Galeria Historial Atividades Principal ContactosCONFRARIA do CHÍCHARO - Copyright 2012